É sempre bom saber de onde viemos, do nosso passado, daquilo que nos constrói como ser humano hoje. E esse livro vai ajudar o leitor a se situar melhor. Se em 1986, quando escrevi o prefácio à oitava edição os pais teriam sido aqueles que haviam vivido essa época, hoje são os avós que ainda podem dar depoimento desse movimento único que começou na década de 60 e fincou seu pé na década de 70 com tal presença que o mundo mudou. E foi daí que nasceu esse novo jeito de ser que você usufrui hoje – a liberdade, a ousadia, um ser aberto a novas ideias, a proteção aos direitos humanos, o direito de ser diferente da maioria, a diversidade cultural, o desenvolvimento sustentável,  enfim, tudo aquilo que não havia antes e que hoje parece natural. O respeito à mulher, o respeito às opções individuais, sejam elas sexuais, afetivas ou existenciais, a determinação de tornar o mundo um lugar prazeroso e não lugar com disputas, guerras e discriminações.
Este livro, apesar de ficcional, registrou a história de alguns personagens  como representantes de todo um movimento social.  Isso repercute até hoje na sociedade de um modo geral, e mais ainda em sociedades alternativas, que são autogovernadas e autos-sustentadas, como a cidade de Christiania, no meio de Copenhage, na Dinamarca. No Estado do Rio de Janeiro, podemos apontar Visconde de Mauá como um dos redutos alternativos, mesmo que não seja autogovernada e autossustentada como Christiania.  Por isso, acredito que o leitor ao ler esse livro estará tomando contato com as suas vitórias, já que o movimento do qual ele surgiu permanece e se desenvolveu como uma nova forma de apostar no planeta como a nossa casa e o lugar onde passaremos uma estadia cada dia mais agradável.

 


No entanto, o texto está atualíssimo, a humanidade continuou dando voltas em torno das mesmas questões daquela época e que, portanto, nada havia a reescrever ou eliminar mantém o mesmo frescor dos primeiros tempos de seu lançamento, o que me causa muita alegria por um lado e tristeza por outro. Alegria por  ter criado algo que permanece apesar do tempo transcorrido e tristeza por ter percebido que as mesmas velhas questões estão ainda na pauta do dia com a pujança de antes.
De qualquer forma, este texto continua ainda nas cabeceiras dos meus leitores com a mesma força e intensidade com que influenciou as gerações anteriores que passaram por ele.

Este texto pode ser lido como livro, pela Editora José Olympio e como peça teatral no livro "Três peças teatrais para crianças e jovens" em forma de e-book pela F Digital.
Este livro tem a intenção única de ensinar Tarot. Através de uma linguagem simples, direta e objetiva, a Autora conseguiu organizar com clareza o aparente intrincado jogo das cartas, tantas vezes estudado e tantas vezes pouco compreendido. Muitos são os livros de Tarot, mas quase nenhum pretende iniciar o leitor, de maneira didática, na prática efetiva e no manuseio das cartas. O livro é um curso de Tarot que ensina a compreensão dos arquétipos dos Arcanos Maiores, essas 22 cartas de enorme valor simbólico, que nos desnudam a alma e nos revelam o nosso percurso interno pelos caminhos que trilhamos.
A Autora atinge seu objetivo para além da expectativa, trajando os arquétipos em vários momentos do livro com roupagens tipicamente brasileiras. O produto final é uma síntese bem elaborada entre o Velho Mundo – ou o mundo que herdamos – e o Novo Mundo, este nosso lar, cheio de sol e magia, que reinventamos a cada dia através das cartas do Tarot.
Os Florais do Dr. Bach e o Eneagrama

Eliane Ganem

            Este livro foi lançado na Eco 92, no Rio de Janeiro,  e agora, muitos anos depois, ele continua atual e ajudando milhares de pessoas pelo mundo inteiro. Foi publicado no Brasil, na Alemanha e na Espanha, com bastante sucesso, criando a oportunidade de transformação para todos os que o leram. Agora está sendo comercializado em e-book, pela FDigital da Inglaterra, em espanhol e português.
Originário do Afeganistão há cerca de dois mil anos, O Eneagrama tem sido utilizado pelos mestres sufis como trabalho iniciático de seus discípulos. É um trabalho que envolve o estudo de cada personalidade, podendo nos revelar aquilo que mais tememos em nós mesmos.
Todos nós desenvolvemos mecanismos de defesa poderosos, muitas vezes necessários à nossa sobrevivência no mundo. No Eneagrama, esses mecanismos de defesa são chamados de  “compulsão”. Ou seja, aquele tipo de comportamento e de sentimento tão bem arraigados em nosso ser que, confundidos com a nossa identidade, nos fazem agir e pensar sempre da mesma maneira. Descobrir a nossa compulsão é descobrir a nossa liberdade.
Os Florais do Dr. Bach também trabalham a nossa “compulsão”. Portanto, juntar os Florais ao Eneagrama é reforçar nossa intenção de nos libertarmos, utilizando recursos que facilitam a nossa transformação.


Batom Lilás é uma coletânea de contos e crônicas, voltados para todos os
públicos mesmo que - na sua maioria- trate de temas atuais que povoam o universo
feminino. Nos contos maiores, os textos são amplos, repletos de significados,
consistentes e corajosos, revelando em meio à miséria de alguns personagens a
riqueza da construção literária. Nos contos menores, estão em pauta a paixão, o
sexo e a necessidade de olhar o mundo pelos olhos do outro. Um livro para se ler
na intimidade, naqueles secretos estados da alma que procuram sofregamente a
revelação de que esses sentimentos mundanos fazem parte do nosso imaginário.
Neste livro, as palavras são sussurradas ao pé do ouvido, quase um orgasmo
intimista, cujos sentimentos jorram com a mesma facilidade da escrita ágil.
Inegavelmente, aqui está presente o texto de uma escritora que conhece os
meandros da alma e os meandros literários que nos prendem e nos absorvem.
: "A ESPERA"

A história de Ipanema se mistura à história da cidade do Rio de Janeiro, por
isso este livro, ao narrar a história do bairro, suas transformações no correr dos
anos, narra também a transformação pela qual a cidade maravilhosa passou e
como ela se tornou diferente desde o início até o final do século passado.
Livro de ficção, destinado aos jovens de todas as idades, a narrativa é
pontilhada por fatos históricos sobre o bairro que ficou famoso mundialmente por
causa das músicas de Tom e Vinícius, mas também pela sua irreverência, pelos
seus moradores, pela beleza de suas praias, pela sua história social e política.
A Autora, jornalista que registrou uma parte da história do bairro, nos presenteia
com uma narrativa que - mesmo ficcional- nos remete a uma época próxima e
extremamente importante para o resgate da nossa identidade e da nossa memória.
Jornalismo e literatura aí se mesclam trazendo para o jovem leitor a possibilidade
de filtrar sua leitura pela ótica da realidade e dos fatos.
Ecos é surpreendente. De um romance entre Ana e Roberto Carlos surge o
inesperado e toda a trama se desdobra num suspense de tirar o fôlego. O livro se
revela como um enigma muito bem explorado, convincente, impressionante.
Dificilmente encontramos um texto que vai além daquilo que esperamos dele,
ou seja, vai além dos significados corriqueiros, das prosas encadeadas com início,
meio e fim. Neste texto de Eliane Ganem, o início pode não ser o início, assim como
o fim também pode não ser o que esperamos que seja. Mas o que mais nos prende
nele é o entremeado de situações suspensas na trama, que a nossa mente identifica
como algo que será esclarecido adiante. Mas até o último momento, nada é revelado,
os personagens desaparecem ou enlouquecem. Não sabemos. Pode ser apenas
uma série de alucinações do personagem principal, ou pode ser que a narrativa
tenha vida própria, já que em alguns momentos ela assume a primeira pessoa.
O certo é que o texto, muito bem escrito, vai nos enredando em uma forma
muito própria de contar, deixando o leitor totalmente envolvido pela magia de uma
boa leitura e pelo inusitado da trama.
Voltado para jovens leitores acima de 10 anos sem limite de idade.


A Coroa do Presidente é um livro inédito que Eliane Ganem acaba de lançar,
mostrando assim que está apostando no formato e-book como uma forma mais
democrática e mais acessível de distribuição de livros. A Coroa do Presidente é
uma história hilária, uma sátira aos governos que se instalaram nos últimos anos
nos países latino-americanos, inclusive o Brasil. No país de Bragunça, o povo cansado
da monarquia, se insurge para fazer uma revolução republicana.
Leitura indispensável para crianças e jovens de todas as idades, já que os
questionamentos que o texto levanta levam o jovem leitor a entender melhor a
manipulação política nos chamados países em desenvolvimento.
Eliane Ganem é uma escritora muito premiada, conhecida no Brasil e internacionalmente
pelo conteúdo social e político que sempre entremeiam a sua obra



A POÉTICA E A PRODUÇÃO DO INFANTIL



Profa. Dra. Eliane Ganem


Eliane Ganem é Doutora em Comunicação Social pela USP, Mestre em Comunicação Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e graduada em jornalismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Fez parte do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Arte (UFF). Além disso, tem 30 livros publicados no Brasil e seis no exterior, sendo quinze de literatura infanto-juvenil. Recebeu quinze prêmios literários, dentre eles dois da Academia Brasileira de Letras, constando definitivamente do Catálogo da Feira de Frankfurt entre os principais escritores do Brasil no gênero de livros para crianças e jovens.

http:\\www.elianeganem.com
e-mail:elianeganem@elianeganem.com



Resumo

A produção da criança como fato histórico ocorrido no final do século XVII, teve como detonador a transformação ocorrida pela revolução industrial e pelo surgimento de uma nova classe social - a burguesia. A partir daí, um novo conceito de infância se desenvolveu, tomando como modelo a criança burguesa. A formação de novos leitores esbarra com as necessidades dessa mesma classe social. A literatura infanto-juvenil cumpre um papel de expansão além do limite social e da faixa etária. A introdução da poética e do pensamento crítico-filosófico seria a forma mais simples para a criação do hábito de leitura.




Palavras-Chaves: literatura infanto-juvenil
                             conceito de infância
                                       prosaico e poético

PROJETO LEITURA NAS ESCOLAS

Crônicas do Meu Interior - Audiobook

Crônicas do Meu Interior

Crônicas do Meu Interior
Audiobook
É o trabalho mais recente da escritora e dramaturga Eliane Ganem. Nele estão contidos nove crônicas e um conto, todos de excelente qualidade literária, e cuja proposta principal é falar da alma feminina, suas dúvidas, amores e desejos.
Os textos, narrados por duas atrizes, têm também a assinatura de Gerson Grünblatt, compositor erudito, que empresta à sonoridade das vozes a intensidade de suas composições.
O audiobook é direcionado não só para as mulheres, mas também para os deficientes visuais, os desacostumados da leitura, e ainda o público masculino, sempre ávido por entender as nuances da alma feminina.
Eliane, para quem não sabe, é considerada pela crítica nacional e internacional como uma das melhores escritoras do país, tendo voltado o seu fazer literário, na primeira fase de sua carreira, para o público infanto-juvenil. Recebeu treze prêmios de literatura e teatro, além de ter publicado vinte e três livros.
Nesta segunda fase de sua carreira, como escritora e dramaturga, nos presenteia com uma série de contos e crônicas, que vem publicando periodicamente em jornais e mídia eletrônica, preferencialmente para o público adulto. Uma parte desse material está aqui neste audiobook. O resultado é um produto de excelente qualidade artística e profundo êxtase auditivo.

Ficha Técnica:
Direção e Produção: Eliane Ganem
Locução: Verônica Valentim e Fabiana Duarte
Músicas: Gerson Grünblatt

Informações
E-mail: elianeganem@elianeganem.com

O Caminho do Buscador

É quase uma incoerência falar em Caminho e Buscador. Ambos são apenas um, mas isso só se nota na medida em que o caminho deixa de ser algo a ser percorrido e passa a ser o próprio ser que caminha. No princípio pensamos que trilhamos algo, como se um mapa tivesse sido projetado à nossa frente ou por um mestre ou por uma filosofia, ou por pura intuição. Mas no desdobrar do caminho, nas suas reentrâncias, nas pregas e dobras, na escuridão de suas vielas, e finalmente na intensa luz da clareza, descobrimos pouco a pouco que o caminho se faz por dentro de um labirinto interno, nos meandros de um oculto apenas nosso e que o nosso pequeno ego teima em manter irrevelado. Mas é nessa tentativa, nesse ensaio e erro, nessa busca e em nossos acertos que descobrimos com agradável surpresa que o surpreendente estava a nosso alcance, mesmo que encoberto. Por isso, não é demais afirmar que Eu sou o Caminho e o Caminhante, o que encontrou e o encontrado, o que escolheu e o escolhido. Por isso, o percurso do buscador depende do tamanho do seu interior, em geral vastíssimo. Aqueles que demoram a alcançar a verdadeira luz, a iluminação, o estado de êxtase, nem sempre demoram pelo seu despreparo, mas porque a sua imensidão de alma talvez seja um enorme espaço a ser trilhado.
Para encontrar o caminho que leva para dentro é necessário perceber que muitas vezes nos perdemos nos reflexos daquilo que exteriormente conhecemos. Por isso, o primeiro passo deste caminho é desconfiar de tudo aquilo que nos fazem aceitar como verdadeiro, ou seja, tudo aquilo previamente estabelecido pela sociedade, pelos pais e educadores, pelas religiões e pelas igrejas. Não porque eles estão errados, mas porque a verdade deles é a verdade deles e não a de cada um de nós. A verdade não deve permanecer ao longo de nossa vida apenas como uma mentira compartilhada por grupos que ao reforçá-las constantemente acabam por criar uma “verdade” aceita por todos. Portanto, o caminho do buscador é inicialmente um ato de coragem para romper com o estabelecido, alimentado por um sentimento de insatisfação e de descrença por aquilo que tem sido passado de geração a geração como a nossa única possibilidade. O caminho do buscador é um ato de amor por si mesmo, porque é fundamentalmente a busca pela verdade interior, que só pode ser conhecida depois que tirarmos o véu que cobre a mentira que compartilhamos socialmente uns com os outros.

E-Books

Alguns dos livros estão sendo oferecidos em pdf, dando uma rapidez e segurança na compra do livro. Basta ter o Adobe Reader, que é disponibilizado de forma gratuita.